Avenida Copacabana, 536 - Empresarial 18 do Forte - Barueri - SP -
11 98902-1440

11 4193-1020

11 98902-1440

Avenida Copacabana, 536 - Empresarial 18 do Forte - Barueri - SP -

Blog

A importância da saúde mental na terceira idade

Os idosos já representam 13% do total de brasileiros e esse número tende a dobrar nas próximas décadas de acordo com a Projeção da População, divulgada em 2018 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. O ministério da Saúde estima que em 2031, 43 milhões de brasileiros sejam idosos. Esses números alertam para a importância de se discutir os cuidados para se chegar a terceira idade com saúde e mantê-la durante este período da vida.

Pelo menos três vezes por semana, a professora aposentada Zaida Carrijo, 76, coloca uma roupa confortável e calça o tênis para praticar as atividades físicas recomendadas por um profissional de Educação Física. Viúva, ela mora na pequena Estrela do Sul, na região do Alto Paranaíba, distante 518 km de Belo Horizonte. “Além do exercício, procuro manter minha cabeça ocupada com outras coisas, como a leitura e os cuidados com os meus dois cachorros e a minha gata”, diz ela, que, por conta do isolamento social, está sem sair de casa há quase oito meses. “Preciso manter minha mente ocupada, em movimento, dentro de casa mesmo”, diz ela, ciente da importância dos cuidados com a saúde mental na sua idade.

Pequenos esquecimentos

Se engana quem pensa que só a saúde física que sofre as consequências da idade avançada. Muitas vezes, o processo de envelhecimento obriga as pessoas a passarem por situações nada agradáveis, como a perda de entes queridos, as mudanças no corpo, a perda de energia e solidão. Doenças degenerativas também acometem com mais frequência os idosos. “Pequenos esquecimentos são comuns, mas quadros demenciais começam a se instalar quando o idoso começa a esquecer informações triviais com maior frequência”, afirma o psiquiatra Humberto Corrêa da Silva Filho, professor titular da Faculdade de Medicina da UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais, que alerta para o fato de tais sintomas poderem se agravar gradativamente e comprometer outras áreas cognitivas.

Fatores protetores

Tudo isso pode fazer com que a saúde mental do idoso fique abalada, dando lugar às emoções negativas e causando quadros de ansiedade, tristeza, isolamento e muitas vezes até depressão. Os cuidados com uma mente mais limpa e saudável estão diretamente ligados ao bem-estar do idoso e para o professor Humberto, exemplos como o Dona Zaida, no início da reportagem, devem ser seguidos por quem já passou dos 60 anos. “Atividades física e intelectual são fatores protetores importantes para os idosos, pois ajudam o cérebro ficar ativo e saudável por mais tempo”, reitera, acrescentando que os cuidados com o sono, com a alimentação e manter sempre o contato com amigos e familiares também são importantes fatores que ajudam na obtenção da qualidade de vida na terceira idade.
Fonte: G1
 
« Voltar

Venha nos Visitar

Não é Preciso Agendar um Horário

Saiba Mais