Avenida Copacabana, 536 - Empresarial 18 do Forte - Barueri - SP -
11 98902-1440

11 4193-1020

11 98902-1440

Avenida Copacabana, 536 - Empresarial 18 do Forte - Barueri - SP -

Blog

Ginástica para o cérebro pode ajudar a preservar a memória e evitar doenças neurodegenerativas

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2050, o Brasil será o sexto país com o maior número de idosos no mundo. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), estima que em 2060, a terceira idade representará 32% da população brasileira. Por isso, se torna cada vez mais relevante buscar alternativas para que os idosos possam envelhecer com tranquilidade e qualidade de vida.

Pensando nisso, o Solar Ville Garaude, hotel-residência para a terceira idade, adotou uma série de atividades para a manutenção da saúde física, mental e psicossocial dos seus hóspedes, entre elas, a ginástica para o cérebro baseada no método Supera. "O Supera consiste em uma metodologia de desenvolvimento cognitivo com duração de 18 meses. Nossos encontros são semanais e baseados em treinos previamente preparados por profissionais especialistas, de acordo com as faixas etárias", explica Jéssica Menezes, consultora da organização.

Para Dr. Paulo Greven, gerontólogo do Solar Ville Garaude os exercícios de prontidão do cérebro são fundamentais para o envelhecimento saudável. "Os exercícios do Supera e os testes de apercepção são indicados para reativar as conexões neuronais e retardar as perdas intelectuais. Um cérebro ativo está mais protegido de perdas", alerta. O prolongamento da vida útil do cérebro não é a única vantagem da técnica, segundo Jéssica Menezes. "As aulas contribuem para o aumento da reserva cognitiva, preservando a área cerebral onde são processadas as memórias, chamada de hipocampo e ganhos de agilidade mental", detalha.

Vantagens psicossociais 

Além de estimular a pessoa com exercícios, cursos como este propiciam o relacionamento e a troca social, oferecendo ganhos importantes em relação a saúde psicossocial do idoso. "As reuniões e os desafios do curso ajudam nas relações sociais, que são essenciais para a saúde, já que contribuem para evitar o afastamento social, que traz diminuição dos estímulos e concorre para as perdas cognitivas associadas à idade", pontua o gerontólogo.

Após três semanas de atividades, o curso tem trazido experiências positivas para os hóspedes do Solar. "As atividades tem sido motivo de conversas e encontros ao longo da semana, o que demonstra o interesse e o resultado positivo da atividade", conclui Paulo Greven.

Sobre o método Supera 

O método Supera é composto por  seis ferramentas e foi desenvolvido por uma equipe de neurocientistas e pedagogos há 13 anos. O Supera trabalha exatamente com os pilares que a neurociência estabelece como ideal para o desenvolvimento saudável do cérebro, a saber: novidade (aprender coisas novas todas as aulas), variedade (seis ferramentas com diversos desafios e programas de treinos cognitivos) e desafio crescente (sempre tirando o cérebro da zona de conforto).

 
« Voltar

Venha nos Visitar

Não é Preciso Agendar um Horário

Saiba Mais